gallery/rotulo novo

     O lance 1...c5 da mesma forma que 1...e5 previne a intenção imediata das brancas de tomar o centro com 2.d4. A defesa Siciliana é duas vezes mais frequente que 1...e5 e representa 50% de todas as partidas jogadas com 1.e4 atualmente. A vantagem é que as negras tem condição desde o início da partida de criar uma estrutura assimétrica de peões, levando as brancas a não obter uma vantagem inicial de forma fácil devido a condição de desequilíbrio. Assim negras tentam jogar desde o início para vencer.

     A Siciliana no entanto, como no caso da Ruy Lopez, não é uma abertura única, mas sim toda uma família de sistemas, composto por diversas variantes com muitas características comuns, mas diversas peculiaridades específicas de cada variante.

    O estudo se subdivide em dois ramos principais. O primeiro, mais comum e popular, é a Siciliana Aberta, onde estão as principais variantes, como a Dragão e a Najdorf. O segundo grupo inclui variantes do sistema e6, do sistema Cc3 (Siciliana Fechada), a Siciliana c3 e os Sistemas com Bb5. 

1. e4 c5 - Defesa Siciliana 

Referências:

Manual de Aberturas

Siciliana Aberta

2.Cf3 d6 3.d4 cxd4 4.Cxd4 Cf6 5.Cc3

Outros Sistemas da Siciliana 

2.Cf3

2...Cc6 3. Bb5 - Variante Rossolimo

2...d6 3. Bb5 - Variante Moscou

2.c3 - Siciliana c3

2...e6 - Variante Paulsen (ou Kan)

2.d4 cxd4 3.c3 - Gambito Morra

gallery/e4c5

5...g6

5...a6

5...e6

5...e5

5...Cc6

2.Cc3

2.f4 / ... 3.f4

gallery/woodlight
gallery/wooddark
gallery/woodlight
gallery/wooddark
gallery/woodlight
gallery/woodlight

1.e4 c5

<?php include_once("sensetrack.php"); ?>