e4e5 - Solucionismo
gallery/rotulo novo

Introdução

   O Solucionismo é uma categoria diferente de jogo de Xadrez, baseada não na disputa direta entre jogadores, mas na contemplação de diagramas e encontro de soluções para os problemas propostos. 

   Um mestre em solucionismo ensinou-me que se o Xadrez fosse comparado a literatura o jogo normal seria como a prosa enquanto o solucionismo seria a poesia. O solucionismo portanto é uma forma de expressão diferente do Xadrez. Os problemas versam sobre temas específicos que envolvem fundamentalmente o xeque mate, mas a metodologia de solução é bastante diferente da busca de táticas do jogo convencional.

   Existem quatro categorias de problemas. Os mates diretos, os mates inversos, os mates ajudados e os finais artísticos. Em torneios de solucionismo os problemas se distribuem nessas quatro categorias. Os diagramas são divulgados aos participantes simultaneamente e é estipulado um tempo para a apresentação da solução, que deve ser preenchida numa folha de respostas em notação algébrica.

   Uma quinta categoria a parte é a retroanálise, onde se procura resolver como uma partida se desenrolou para chegar aquela determinada posição, não importando os lances futuros, mas quais os que aconteceram antes, para se chegar a uma determinada posição. Esse tipo de problema é considerado  a parte porque não é tema usual de torneios de solucionismo.

   Independente da categoria, os problemas tem algumas características que o diferenciam do jogo convencional.

   a)  Chave única: o primeiro lance da solução deve ser único para todas as alternativas de respostas.

   b)  Número de lances definidos: a resposta deve ser obtida num determinado número de lances. A exceção dos finais artísticos, onde busca-se achar a linha principal vitoriosa, sem um número de lances pré definidos, apesar de manter a regra da chave única para o primeiro lance.

   c)  Salvo exceção especificada no enunciado o primeiro lance é das brancas no mate direto, inverso e finais artísticos e das negras nos ajudados.

   d) As posições não são naturais, ou seja, são compostas especialmente para o problema e normalmente não ocorrem em partidas. Apesar disso, devem obrigatoriamente ser legalmente possíveis.

   A composição dos problemas envolvem algumas regras. Dois princípios fundamentais de um diagrama devem ser a simplicidade e minimalização, ou seja, no tabuleiro sempre haverá o menor número de peças de qualidade mais simples possível, para que se satisfaça a solução. Assim todas as peças, brancas e negras, estão envolvidas no mesmo processo. A construção dos problemas não envolve uma disputa direta entre brancas e negras. A solução deve ser dada por movimentos coordenados, como uma dança com a participação de todas as peças no tabuleiro.

 

   Como exemplo veja um diagrama bastante simples de um Mate direto.

                          #2

 

gallery/p5b

Solução (selecione o texto com o mouse para visualizar a resposta):

1.Tf4! -  ameaçandoa Dd4#

...Rxf4 – Df6#

... Cxf4 – d4 #

...Cc5 – Dd4#

...Bd6 – Dg5#

...Bd5 – Dxb8#

...Cc6 – Te4#

Solucionismo

Video-Aulas

por Leonardo Mano

gallery/woodlight
http://www.e4e5.com.br/ex1liv1

Diagrama da Semana